A “INDÚSTRIA DO DANO MORAL†E A “INDÚSTRIA DO MERO DISSABOR†SOB UMA PERSPECTIVA PSICANALÃTICA

Patrícia Naomi ASAKURA, Sandra Tamiko NAKAI

Resumo


O dano moral afeta os direitos de personalidade, cabendo a reparação por aquele que o provocou. Essa indenização é pleiteada em sede judicial e acarreta a situação problemática que ora se denomina “indústria do dano moralâ€, ora se identifica como uma “indústria do mero aborrecimentoâ€, vez que mensurar o valor do sofrimento de um ser humano encontra grande dificuldade, justamente por ser a dor um sentimento complexo e individual. Sendo assim, a psicologia jurídica surge como uma ferramenta apta a auxiliar o Direito Civil, tal como já ocorre no Direito Penal, a fim de humanizar o trabalho dos operadores do direito, bem como prestar o amparo necessário às vítimas de danos morais.


Palavras-chave


Direito. Psicologia. Mustidisplinaridade.

Texto completo:

PDF

Referências


BITTAR, Carlos Alberto. Reparação Civil por Danos Morais. 4 ed., ver., aum. e mod. São Paulo: Saraiva, 2015.

CUNHA, Marcus Vinícius da. Psicologia da Educação. São Paulo: UNESP, 2010. Disponível em: . Acesso em 10 Nov. 2017.

GONÇALVES, Carlos Roberto. Direito Civil Brasileiro. Vol. 4. Responsabilidade Civil. 5ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010.

GAGLIANO, Pablo Stolze; PAMPLONA FILHO, Rodolfo. Novo curso de direito civil. 10ª edição. São Paulo: Saraiva, 2012.

MAUS, Ingeborg. O judiciário como superego da sociedade – sobre o papel da atividade jurisprudencial na “sociedade órfã†in Novos Estudos, nº 58, nov./2000. Tradução de Martonio Mont’Alverne Barreto Lima e Paulo Antonio de Menezes Albuquerque.

OLIVEIRA, Amanda Flávio de. A indústria do mero aborrecimento. Brasília: OAB, 2016. Disponível em: . Acesso em 10 Nov. 2017.

TARTUCE, Flávio. Manual de Direito Civil. 6ª edição. Editora Método: São Paulo, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

ISSN 2359-3474