DA ATUAL SITUAÇÃO DO TRABALHO ESCRAVO NO BRASIL

Tiago Domingues Brito

Resumo


Por ter sido um dos primeiros países da sociedade internacional a admitir a presença do trabalho escravo, sendo esta exatamente a justificativa e o motivo do presente artigo, o Brasil tem se obrigado, tanto na política nacional, quanto na internacional, um enorme compromisso com esse tema, Dessa forma, essa pesquisa tem o objetivo de averiguar a situação do trabalho escravo no território nacional e o bem jurídico que está sendo violado em decorrência de tal fato. A respeito da metodologia utilizada, é de observar que a utilizada foi a qualificativa, como será mais bem detalhada no desenvolver da pesquisa.


Palavras-chave


TRABALHO ESCRAVO; BRASIL; CONTEMPORANEIDADE

Texto completo:

PDF

Referências


DUSSEL, Henrique. 20 teses politicas. 1ª ed. Buenos Aires: Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales – CLACSO; São Paulo: Expressão Popular, 2007.

VIANNA, Andrea. Ficou para a próxima legislatura. In Congresso em Foco. Acesso em 31/03/2015: http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/25-mil-trabalhadores-escravos-em-todo-o-pais/. 05/01/2006.

PLASSAT, Xavier. Erradicação do trabalho escravo? Ficou para outra vez. In Repórter Brasil. Acesso em 08/04/2015. http://reporterbrasil.org.br/2006/04/artigo-erradicacao-do-trabalho-escravo-ficou-para-outra-vez/

CAMARGO, Beatriz. Governo cumpre parte do acordo com OEA sobre trabalho escravo. In Repórter Brasil. http://reporterbrasil.org.br/2006/05/governo-cumpre-parte-do-acordo-com-oea-sobre-trabalho-escravo/

NABUCO, Joaquim. A escravidão. Recife: FUNDAJ, Editora Massangana, 1988.

Notícias STF. Ministro Joaquim Barbosa profere voto sobre competência para julgar trabalho escravo. Acesso em 08/04/2015. http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=270215

HASHIZUME, Mauírcio. Pressão para aprovar “PEC do Trabalho Escravo” é intensificada. Acesso em 09/0/2015. http://reporterbrasil.org.br/2008/06/pressao-para-aprovar-quot-pec-do-trabalho-escravo-quot-e-intensificada/

MOREIRA, Daniel Augusto. O método fenomenológico na pesquisa. São Paulo: Pioneira Thomson, 2002.

SAKAMOTO, Leonardo. O trabalho escravo e as exportações. Disponível em: http://cartamaior.com.br/?/Coluna/O-trabalho-escravo-e-as-exportacoes-/21756. Acesso em 29/04/2015.

RAMOS FILHO, Wilson. Neo-escravismo no Brasil contemporâneo: crime e castigo. In Revista da Faculdade de Direito – UFPR, Curitiba, n. 48, p. 87-106, 2008.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa Social: métodos é técnicas. 3. Ed. São Paulo: Atlas, 1999.

WEFFORT, F.C (Org.). Os clássicos da política – Maquiavel, Hobbes, Locke, Montesquieu, Rousseau, “O Federalista”. 1° NABUCO, Joaquim. A escravidão. Recife: FUNDAJ, Editora Massangana, 1988. 1° Volume. 13 Ed. São Paulo: Editora Ática, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

ISSN 2359-3474